O que não te contaram sobre a mesa de doces do seu casamento

A parte mais legal, saborosa e doce da festa precisa de atenções especiais. Além de que deve seguir a proposta e a característica do casamento, seu louvor só é garantido quando os noivos contratam fornecedores confiáveis para se envolverem no planejamento. Sem sombra de dúvida, a mesa de doces no casamento é o grande palco da festa e atrai muitos olhares e desejos.

Escalar as tarefas aos profissionais mais qualificados, não surtar na escolha dos modelos e cores das forminhas e ainda por cima pensar em uma receita personalizada da vovó que está a gerações na família de vocês para incluir dentre os itens imprescindíveis são requisitos mínimos para iniciar a pensar nela.

MONTANDO A MESA DE DOCES

  1. – Visão geral: imagine-a como cenário da festa e não economize na decoração. Ela é o item central do projeto de decoração
  2. – Acessórios: prata, cristal, cobre e muro chinês para festas tradicionais e clássicas, rattan para um estilo mais despojado e rústico
  3. – Suportes: diferentes alturas são uma boa pedida, mesmo existindo uma tendência forte por mesas retas, com pouco suporte, utilizando bandejas e a própria mesa
  4. – Tipos e cor das peças: suportes em prata são aqueles tradicionais e ornam com quase todos os tipos de materiais. Porém, dourado e cobre são a onda do momento.
  5. – Mesas temáticas: Desde produções tailandesas, italianas, mesas temáticas inspiradas no Egito, de “bar”… O que manda são as peças usadas na montagem e os doces personalizados referentes a tal cultura
  6. – Posicionamento: o ideal é que a mesa fique posicionada próxima a pista de dança, para que os convidados possam acessar facilmente ela.
  7. – Horário da montagem: na média duram 5h antes do início do evento, ficando pronta com 2h de antecedência
  8. – Doces agrupados: organize todas as bandejas de brigadeiro gourmet, copinhos juntos, doces do mesmo sabor e assim seguidamente.
  9. – Tags do nome dos doces: é opcional, mas ajuda bastante. Principalmente para aqueles convidados alérgicos. Pode-se colocar também o nome dos doces no cardápio das mesas ou em uma lista com todos as variedades em algum lugar da área de doces
  10. – Babá de mesa: sim! É importante uma pessoa que fique na mesa para mantê-la organizada, saber reconhecer os doces pelo nome (e recheio) e ir repondo os doces nas mesas conforme forem acabando, inclusive trocando os pratos maiores por menores conforme forem acabando o estoque.